A Busca

by Pulso de Marte

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $4 USD  or more

     

1.
00:47
2.
03:14
3.
04:10
4.
03:34
5.
03:48
6.
7.
04:19
8.
06:14

credits

released May 2, 2017

FICHA TÉCNICA
Produzido por Paulo Eduardo e Pulso de Marte.
Gravado, mixado e masterizado no Ruído 111 Estúdio. (www.ruido111estudio.com)

Técnico de gravação, mixagem e masterização:
Paulo Eduardo

Identidade visual e direção de arte:
OKRAKEN | Criatividade Abissal
(www.okraken.com.br)

tags

license

all rights reserved

about

Pulso de Marte Fortaleza, Brazil

2014 foi o ano em que a busca tomou início com a linha de frente formada pelas belas vocalistas e guitarristas Nathália Rebouças e Letícia Monteiro.

A cidade de Fortaleza-CE foi o cenário perfeito para o nascimento deste projeto. Com a união dos talentosos André Freitas (baixo) e Lucas Santos (bateria) o objeto chamado Pulso de Marte estava completo e vivo!
... more

contact / help

Contact Pulso de Marte

Streaming and
Download help

Track Name: Homem ao Mar
Devo lhe dizer que não
Há mais nada nesse lugar
Tememos nossa própria existência

Não me admira estarmos perdidos
Andamos em círculos
A saída é o que lhes convém

Um indício x2

[refrão]

Já afetamos demais
De que não somos capazes
Teorias não salvaram quem se destruiu
Reféns de sórdidos que não sabem amar
A mando de quem?

Histórias de homens ao mar
Sem bóias pra não se afogar
Pensaram no seres que virão?
Não!

Bendito seja o homem que
Ainda crê na beleza do ser
Os mesmos só puderam escutar os gritos de homem ao mar.

[refrão]

Já afetamos demais
De que não somos capazes
Teorias não salvaram quem se destruiu
Reféns de sórdidos que não sabem amar
A mando de quem?
Track Name: Gritando Paz
Letra: Letícia Monteiro
Artista: Pulso de Marte

Tô de saco cheio
Eu não pedi para estar aqui (eu não pedi para estar aqui)
Sacrificando essa lucidez.

Tá me sufocando (sufocando)
Essa intensa escuridão
Desconstruída e sem direção
O que deixamos ficar pra trás?

[Refrão]

O que aconteceu?
Já não somos mais como um só
Já não somos mais os mesmos

Mentir pra se mesmo agora, não.
Será em vão.

Tá me sufocando
Em oração do desejo
Eu to gritando paz, eu to gritando paz
Track Name: Destino
Destino

Letra: Nathália Rebouças
Artista: Pulso de Marte

Se eu pudesse compreender o que eu não posso ver, através da mente do mundo.
Bem, acho demais pra alguém suportar, saber que nunca mais, pareço suportar?

REFRÃO:

E nada pode ser mais do que posso ser.
E se o acaso for mais forte como antes?
Perdi o jogo e não me afeta mais.

A distância traz quem não viu, pude ver mais um sinal.
Coloca pra fora, expressa o que sentiu, de vez!

E o destino,
quem pode saber?

REFRÃO:

E nada pode ser mais do que posso ser.
E se o acaso for mais forte como antes?
Perdi o jogo e não me afeta mais.
Mais corpos mortos pra deixar pra trás
Track Name: Viver
Letra: Letícia Monteiro / Nathália Rebouças
Artista: Pulso de Marte

Quem vive com medo do escuro?
O que te espera, mais um dia uma guerra
Olho no horizonte e o pensamento constante em você
Vemos o sol nascer e se pôr
Pulso que me leva onde eu for

[REFRÃO]

O que se foi
Sem dizer adeus, nem quis me ouvir
Saber o que há melhor em mim
(Sorri, chorei, sofri, amei, pois cada momento me deixa mais forte, então)

Eu vou arriscar sem medo
Pois todo sonho que se acredita, se vive
Então vamos viver
O tempo é tão pouco pra deixar passar
Track Name: Palavras Não São Fortes
Letra: Letícia Fernandes
Artista: Pulso de Marte

Ouvi dizer por aí
Que você fica a falar
Que apesar de tudo eu não sinto nada.

Diz que o meu coração
Não sofre alguma alteração
Tanto eu ficar feliz ou magoada.

Se eu te dissesse que eu te amo
Você diria que me ama também?
Se um dia eu confessasse que sou muito infeliz
Faria da felicidade o meu refém.

Talvez até não guarde coração
Magôo as pessoas pra minha diversão
Verdade que ás vezes não transmito o que sinto
Mas não te dá o direito de sair por ai me destruindo

Ahhh, Ahhh 2x

Não diga o que não sabe
Não exija o que não pode dar
Não escondo minha dor porque você não pode me curar
Se falo, não nada, é porque não é nada que te interessa
Palavras não são fortes pro valor que tem essa conversa

Ahhh, Ahh 2x

Você me entregaria todo o seu amor?
Você me abraçaria e me diria meu amor?
Track Name: Cotidiano
Letra: Letícia Fernandes
Artista: Pulso de Marte

Vivo em silêncio,
Em meio ao cansaço que a vida nos propõe a ter,
Procuro uma razão para as coisas que vem do coração,
Para as coisas que a vida se encarrega de trazer

Quem dirá que minha amargura é tão grande quanto a loucura de viver, Quem dirá que tudo a vida é quem constrói, Que o amor também destrói

Mas verdadeiro é o amor de todas as formas,
De toda forma é o amor que tem resposta

Refrão

Sou ser que mata,
Me abrigo no espaço sem jornada,
Procuro uma razão real para sermos quem costumamos ser,
De onde venho? 2x ...
Sou ser que mata,
Me abrigo no espaço, 2x

Oooh, 2x
Track Name: Sete Faces
Letra: Letícia Monteiro / Nathália Rebouças
Artista: Pulso de Marte

Eu me vejo em um mundo de poderes
É, você precisa ser alguém
Pra mostrar que ninguém não é

Eu sou tão eu, que acabo indiferente
Eu não preciso ser alguém que eu não sou
Sete faces

[Refrão]

Não me parece pensante
Que as pessoas acreditam nessa razão de viver
(Eu acredito em minha maneira de ser)
A minha vida, quem faz ela sou eu
Vivo o presente intensamente
Sem temer o que ficou pra trás
Faço o meu show,
Pois acredito em minha maneira de ser

Temo saber da incerteza
Ouvi dizer palavras sem sentido algum
Pessoas, caminhos vis
Guardo de volta a paz que arde no meu peito agora
Guardo dentro de mim
Sete faces (sete faces)